Dalila e seus bebês – o trabalho nunca para!

24 jan

Amigos, sabemos que estamos um pouco sumidas, mas é devido a correria! Como todos sabem, no final do ano, férias e festas, as pessoas só pensam em viajar, festejar e ABANDONAR! Isso mesmo! Com muita frequência animais que foram presentes no Natal anterior vão parar nas ruas e em abrigos quando chega o Natal seguinte.

Por isso a adoção deve ser um ato bem pensado, feito com responsabilidade. Um cão é uma vida e merece respeito, amor e dedicação. Se você não sabe o que fará com seu cãozinho caso precise se mudar, caso perca o emprego, case ou tenha filhos, NÃO ADOTE!

Dalila provavelmente um dia foi o filhote fofinho de alguém, mas foi parar nas ruas e teve seus filhotes ao relento. Agora ela faz parte da turminha do Lar Pá Pum pra que nem ela nem seus filhotes tenham que passar um Natal nas ruas de novo.

dalila

DALILA apareceu na rua em Niterói RJ e teve seus filhotes lá no dia 30/12/2015. Em 31/12/2015 uma nova vida começou pra ela e para seus filhotes, que foram acolhidos por uma voluntária do grupo.

São 2 meninos e 3 meninas que serão vermifugados, vacinados e castrados e doados para boas famílias. A partir dos 30 dias de vida começaremos a selecionar os pretendentes. Não temos ideia do porte que ficarão pois não conhecemos o pai, mas deverão ser no mínimo porte médio.
A mãezinha é uma fofa, protetora e dócil. Bastante jovem, tem cerca de 1 ano.

MÃE E BEBÊS PRECISAM DE MADRINHAS!
Pessoal, filhotes significam muitos gastos pela frente, vermifugos, vacinas, castração, alimentação reforçada… precisamos de madrinhas que nos ajudem a preparar essas bebês. Se você pode ajudar com R$ 30,00, preencha o formulário aqui.

DALILA
Nascimento: julho/ 2014
Porte: médio
Saúde: em preparação

FILHOTES
Nascimento: 30 de dezembro de 2015
Porte: médio (estimado)
Saúde: em preparação

Em breve, para adoção.

Quer adotar um dos filhotes da Dalila? Leia os termos da adoção e preencha o formulário abaixo!

ATENÇÃO! Os filhotes completam 45 dias no dia 15 de fevereiro, quando começarão a ser desmamados e tomarão a primeira dose de vacina. Só à partir dessa data estarão aptos a irem para novos lares.

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES!!! Leia antes de preencher o formulário!

1 – Filhotes de 45 dias não tem imunidade. Não podem ir para quintal nem pra passear. Não podem ter contato com animais não vacinados ou mesmo, mesmo que vacinados, que passeiem na rua, pois podem trazer vírus para dentro de casa. Eles só poderão ter acesso ao quintal, rua, passeios e contato com outros animais fora de casa depois da terceira dose de vacina, por volta dos 3 ou 4 meses de idade.

2 – Se você procura um filhote que não cresça e tamanho é um fator determinante, não adote um SRD de 45 dias. Eles têm crescimento imprevisível. Apenas damos uma estimativa baseado no tamanho da mãe, mas não conhecemos o pai. Pode ser um dogue alemão ou um pinscher, ou ambos. Se você pensa em devolver se o filhote crescer demais, adote um cão mais velho.

3 – Não doamos filhotes de 45 para casas com crianças entre 8 meses e 4 anos. Um filhote de 45 dias com menos de 1kg não pode ser deixado em companhia de uma criança. Ele por sí só é um bebê, precisa de atenção e cuidados especiais. Não tem resistência física para brincadeiras brutas. Crianças pequenas não têm controle motor. Tentam brincar, pegar no colo, carregar e acidentes podem acontecer como patas fraturadas e até óbito do filhote. Para crianças pequenas adote cães à partir de pelo menos 3 meses de idade.

4 – Se você e todos da sua casa trabalham fora ou estudam o dia inteiro e o filhote ficará muito tempo sozinho, você não está apto a adotar um filhote de 45 dias. Ele não pode ficar tanto tempo sozinho. Vai chorar, gritar, latir, pode se afogar no porte de água, engasgar com a comida, se enrolar num fio. É como deixar um bebê humano sozinho em casa. Filhotes de 45 dias precisam de supervisão. Se você fica muito tempo fora de casa, adote um filhote à partir de 3 meses de idade.

5 – Importe-se mais com a descrição da personalidade de cada um do que com a aparência.

6 – Tenha em mente que em poucos meses eles serão filhotes ativos, trocando dentes, roendo fios e chinelos, com unhas e dentinhos finos querendo brincar o tempo todo. Não são animais de pelúcia, não vão ficar pequenos e com cheio de leite para sempre. Comprometa-se com o animal até o fim. Na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, dando lambidas e fazendo carinho, mas também quando você chegar em casa e ele tiver destruído o sofá. Se você não está disposto a isso, não adote.

QUER ADOTAR A DALILA OU UM DE SEUS FILHOTES? CLIQUE AQUI.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: